Como alavancar a diversidade na sua empresa

Entre as competências socioemocionais que mais diferenciarão as lideranças e os resultados organizacionais, de agora em diante, está a capacidade de alavancar a diversidade. O que significa em linhas gerais, atingir o sucesso através e/com outros que são diferentes de nós. 

Entre as habilidades do(a) líder que possui essa competência, está a capacidade de ler os sinais sutis Рnão verbalizados da emoção nas pessoas que pertencem a grupos diferentes, estejamos falando de sexo, raça, nacionalidade, etnia, etc.  

Portanto, quando se fala em Diversidade & Inclusão, não se trata somente de criar o ambiente propício para que as pessoas se sintam bem-vindas e pertencentes ao time, mas de criar conexão emocional com elas, de forma que se possa perceber o que de melhor cada uma traz, a partir da sua visão e da sua forma de interagir com o mundo e o grupo, quebrando paradigmas equivocados, superando estigmas e preconceitos.

Outro aspecto importante a se considerar, √© o que foi nomeado por Claude M. Steele de ‚Äúamea√ßa de estere√≥tipo‚ÄĚ, o termo indica que alguns grupos est√£o sujeitos a distor√ß√Ķes causadas por estere√≥tipos que podem levar a uma expectativa de baixo desempenho que, embora n√£o expressa, contamina uma organiza√ß√£o, criando uma atmosfera que afeta as capacidades de trabalho de certas pessoas. De acordo com Goleman, expectativas desse tipo t√™m o potencial de causar n√≠veis de perturba√ß√£o que prejudicam gravemente a capacidade cognitiva.

Assim, uma análise bastante criteriosa dos times e do como esse grupo se relaciona com os diferentes, também é bastante importante. A confiança, o respeito e a equidade de oportunidades, precisam ser garantidas e/ou construídas, no caso de se perceber qualquer dificuldade de inclusão e garantia do ambiente necessário para o crescimento e a geração de oportunidades iguais para todas as pessoas.

Existe força na diferença, o que torna a capacidade de alavancar a diversidade uma competência cada vez mais crucial. 

Daniel Goleman

Com a perspectiva de inclus√£o de uma diversidade cada vez maior de pessoas nas empresas, necessitamos de uma percep√ß√£o maior dos equ√≠vocos sutis que os estere√≥tipos e o preconceito introduzem nos relacionamentos. Assim, a lideran√ßa, que √© capaz de ler as pessoas e os ambientes com exatid√£o, sem as distor√ß√Ķes de estere√≥tipos emocionalmente carregados, pode e vai distinguir da m√©dia os que t√™m um desempenho de alto n√≠vel.

√Č mister destacar ainda que, impulsionar a diversidade tamb√©m n√£o pode ser uma a√ß√£o m√≠ope visando ‚Äúapenas‚ÄĚ a representatividade ‚Äď ‚Äú√© preciso questionar essa suposi√ß√£o ‚Äď David Thomas e Robin Ely argumentam que isso pressup√Ķe que a principal contribui√ß√£o que os membros de grupos minorit√°rios podem dar a uma cia √© a utiliza√ß√£o de sua sensibilidade, como algu√©m que pertence ao grupo, para ajudar a cia a atuar melhor em rela√ß√£o aos membros desse mesmo grupo.‚ÄĚ Daniel Goleman ‚Äď Trabalhando com a IE Pg. 174.

Diferentes pessoas trazem consigo conhecimentos e perspectivas diferentes, importantes e relevantes do ponto de vista competitivo, sobre como de fato fazer o trabalho, ou seja, como delinear procedimentos, atingir metas equacionar tarefas criar equipes eficazes, transmitir ideias e liderar.

Daniel Goleman

Veja esse exemplo interessante de um escrit√≥rio de advocacia americano que contratou uma advogada de origem hisp√Ęnica, considerando apenas o aspecto da representatividade ‚Äď Atrav√©s da sua atua√ß√£o e perspectivas, ela trouxe uma nova maneira de pensar a atividade b√°sica da firma. O que acabou expandindo seu campo de atua√ß√£o para al√©m os direitos das mulheres, passando a tratar tamb√©m de lit√≠gios contestando pol√≠ticas relacionadas com o uso obrigat√≥rio do ingl√™s.

Depois dessa contrata√ß√£o, √† medida que outros profissionais ‚Äún√£o-brancos‚ÄĚ entravam no escrit√≥rio, o trabalho foi se modificando cada vez mais. Nas palavras de um dos principais s√≥cios: ‚Äúeles ampliaram nossas no√ß√Ķes sobre o que eram quest√Ķes relevantes e como equacion√°-las de maneira criativa. Essas ideias nunca teriam sido adotadas por um time composto s√≥ de brancos‚ÄĚ. ¬†

Bem, esse tema merece mais conversas por aqui! Por hora √© isso que gostar√≠amos de compartilhar sobre o tema do ‚Äúalavancamento da diversidade‚ÄĚ.

Aproveitando… como voc√™ percebe essa compet√™ncia em voc√™, no seu time, ou na sua organiza√ß√£o como um todo? Quanto se utiliza da cultura da confian√ßa, do ouvir e da colabora√ß√£o, para diferentes vozes e ideias sejam ouvidas e consideradas? Como voc√™ percebe esse tema sobre a Diversidade & Inclus√£o na sua empresa?¬†

 

CYNARA BASTOS ‚Äď Facilitadora de Aprendizagem da Praxis Business. Psic√≥loga e especialista em desenvolvimento humano.